Almanaque umdoistres

Abril 2018

Todas as publicações em  Almanaque umdoistres são de textos e imagens que circulam diariamente entre as milhares de Caixas de Entrada de grupos que compartilham e-mails entre si. O endereço umdoistres@umdoistres.com.br, desde 2003 faz parte de incontáveis Catálogos de Endereço no Brasil e exterior. Nada publicado aqui é de autoria de nossa equipe - salvo quando assinado.

    Janeiro 2018   Fevereiro 2018   Março 2018  Abril 2018

                  Almanaque 2017  Almanaque 2016  Almanaque 2015  Almanaque 2014   Almanaque 2013  Almanaque 2012  Almanaque 2011   Almanaque 2010   Almanaque 2009   Almanaque 2008  

Grandes Implosões e Demolições pelo Mundo
https://www.youtube.com/watch?v=e-RF_0rkYPo

World Amazing Silo demolition torn down - Awsome footage
https://www.youtube.com/watch?v=3JBkvk4J8TA

Dangerous Idiots Heavy Equipment Excavator Extreme Trucks Machines Fastest & Fails Skill
https://www.youtube.com/watch?v=5dYTlvQl_G8

BIG Bulidings Demolition! Compilation
https://www.youtube.com/watch?v=xogYMPsg7zo

As maiores demolições de prédios e construções
https://www.youtube.com/watch?v=OjIDCI4neMY 

10 DEMOLIÇÕES QUE DERAM ERRADO!!
https://www.youtube.com/watch?v=U0AneoDXtBA

The Most Oddly Satisfying Building Demolition Video In The World - Amazing Implosions Explosion
https://www.youtube.com/watch?v=H93bgnTmb0s

High EXPLOSIVE, TOP 33 Spectacular BUILDING DEMOLITION
https://www.youtube.com/watch?v=9eh7hMOMWoo

Febre amarela: 9 tópicos para esclarecer suas dúvidas

Depois de registro de mortes em decorrência da febre amarela ter sido confirmada, o governo de São Paulo resolveu ampliar a vacinação contra a doença para todo o Estado. Além disso, o Ministério da Saúde divulgou estratégias de campanha de vacinação para conter o vírus em outros dois Estados, Rio de Janeiro e Bahia, além de São Paulo.

Desde o começo de 2017, foram confirmados quase 30 casos de pessoas infectadas pela doença e ao menos 12 mortes causadas por febre amarela silvestre no Estado de São Paulo, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde.
 


1Transmissão do vírus
A febre amarela é classificada como uma doença infecciosa grave, porém vale ressaltar que a doença não passa de uma pessoa para outra. O vírus é transmitido por meio da picada de mosquitos transmissores infectados. Entre os sintomas, cujos primeiros aparecem de 3 a 6 dias depois da infecção, estão calafrios, dor de cabeça, dores nas costas e no corpo, náuseas, vômitos, fadiga e fraqueza. Enquanto na maior parte dos pacientes, os sintomas começam a perder a intensidade a partir do terceiro ou quarto dia de infecção, para alguns, a doença acaba entrando na fase tóxica


2Morte
Cerca de 10% das pessoas infectadas desenvolvem a forma grave da doença. Isso significa que depois de uma breve melhora, a febre reaparece e os sintomas se agravam, com hemorragia, insuficiência hepática, insuficiência renal, o aparecimento da cor amarelada na pele e no branco dos olhos. Alguns pacientes apresentam vômito com sangue. Dos pacientes que desenvolvem a forma grave da doença, cerca de 50% morrem em um período de 10 a 14 dias
 

3Tratamento

Segundo especialistas, não há um tratamento específico para a febre amarela. Portanto, a medida mais eficaz contra a doença é mesmo a vacinação, cujo objetivo é evitar a contaminação .

4Como a vacina funciona?
De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, o esquema de vacinação será feito por dose única, seguindo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A vacina atual dura por toda a vida, no entanto, a ideia é, a partir de fevereiro, aplicar doses fracionadas em todos os municípios paulistas. Essa versão fracionada, contudo, protege por até nove anos

5Quem deve tomar a vacina?
A vacina é recomendada para quem mora ou frequenta uma área endêmica ou pretende viajar para algum dos 20 Estados ou Distrito Federal, que sofrem com a circulação do vírus. De acordo com o portal do Ministério da Saúde, a forma padrão da vacina pode ser tomada por crianças entre 9 meses e 2 anos, pessoas com condições clínicas especiais (com HIV/Aids, no final do tratamento de quimioterapia, entre outras), gestantes e viajantes internacionais (mediante apresentação do comprovante de viagem). Já a vacinação fracionada é indicada para crianças apenas a partir dos 2 anos de idade. No caso dos idosos com mais de 60 anos, a aplicação deverá ser feita depois de avaliação dos serviços de saúde. Além disso, a vacinação impede a doação de sangue por um período de quatro semanas 

6Quem não pode tomar a vacina?
Na forma fracionada, a imunização não é indicada para gestantes, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e imunodeprimidos, como pacientes em tratamento quimioterápico ou com corticoides em doses elevadas, como no caso, por exemplo, dos portadores de Lúpus. A vacina também é contraindicada para pessoas com reação alérgica grave à proteína do ovo

7Quando tomar?
A vacina já está disponível, porém devido ao aumento da demanda por vacinação, a solução encontrada foi oferecer uma versão fracionada, com um décimo da composição usada na aplicação integral. A ideia é promover uma campanha de período curto para concentrar a vacinação e aplicar doses fracionadas para imunizar toda a população do Estado de São Paulo (entre os dias 3 e 24 de fevereiro), além de habitantes de municípios do Rio de Janeiro e da Bahia (entre 19 de fevereiro e 9 de março)


8Onde se vacinar?
No Estado de São Paulo, a campanha de vacinação abrange as zonas Norte, Oeste e Sul da capital paulista, assim como as regiões do Alto Tietê, Osasco e Jundiaí. Diversos postos de saúde oferecem a vacina gratuitamente, basta levar o cartão de vacinação. Para além do Estado de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia também contarão com a campanha de vacinação de dose fracionada, totalizando 76 municípios a serem imunizados entre fevereiro e março deste ano, a fim de evitar a expansão do vírus para outras áreas. Os municípios que receberão a campanha foram escolhidos pelos governos estaduais. A prioridade, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, é iniciar o processo de vacinação ampliada pelas áreas de maior risco de infecção e ir para as regiões em que o vírus pode chegar


9Precauções
Além das vacinas, outra medida preventiva tomada foi o fechamento de parques desde outubro de 2017, após a morte de macacos em decorrência da doença. Três deles, na região metropolitana de São Paulo, foram reabertos na última quarta (10), mas a recomendação para quem vai visitar áreas próximas a esses locais é de que use repelente, manga comprida e, claro, tome a vacina
 


Fonte: http://noticias.bol.uol.com.br/bol-listas/febre-amarela-9-topicos-para-esclarecer-suas-duvidas.htm

15 curiosidades sobre a Espanha e por que vale a pena visitar esse país

A Espanha é um país riquíssimo culturalmente, com regiões bem distintas entre elas. Se você pensa em visitá-la, aqui vão algumas curiosidades sobre o território espanhol e suas particularidades.

1 Hablas español?
O castelhano é a língua oficial da Espanha, conhecido mundo afora simplesmente como a língua espanhola. Mas, na verdade, o país possui diversas outras línguas, a depender da região, como o basco no País Basco, o catalão na Catalunha e o galego na Galícia

2 Independência para todos
Essa variedade linguística não é à toa; a Espanha convive com conflitos internos de regiões que pedem por independência. Isso remete a períodos históricos bem antigos, mostrando que o país é composto por culturas diferentes, onde cada região tem sua própria história, costumes e hábitos
 

3 A famosa siesta
A siesta corresponde ao horário de descanso pós-almoço, o famoso cochilo que tiramos em dias mais tranquilos. Na Espanha, a diferença é que muitos estabelecimentos comerciais realmente adotam a hora da siesta e fecham suas portas nesse horário, voltando a funcionar mais para o meio da tarde

4 Nossa Senhora do Pilar
Nossa Senhora do Pilar é uma das padroeiras do país e, em todo 12 de outubro, acontece uma grande festa em sua homenagem. Em Zaragoza, cidade que fica na região de Aragão, as ruas são tomadas pelos festejos, com muita música, bebida e comida

5 Marco zero
Em Madri, no meio de uma das praças mais movimentadas e visitadas pelos turistas, fica o marco zero de todas as estradas da Espanha. A partir dele, são contados os quilômetros de distância entre uma região e outra

6 Tapas grátis
É tradição na Espanha oferecer uma pequena porção de petiscos, as "tapas", para aqueles que pedem uma bebida nos bares. Em regiões como a Andaluzia, esse costume ainda acontece e você pode ter boas surpresas nos bares que visitar

7 Madri na moda
A capital espanhola é uma das cidades inseridas no circuito de moda europeu. São da Espanha grandes marcas de varejo, como a Zara e a Desigual, além de grandes estilistas. Na Gran Vía, uma das principais avenidas da cidade, e arredores, é possível encontrar dezenas de lojas de moda feminina e masculina

8 Palácio árabe em Granada
A Alhambra é um dos pontos turísticos mais famosos da Espanha e não é à toa. Ela fica na cidade de Granada e foi o palácio do império árabe, na época em que a região foi tomada pelos mouros. O palácio é riquíssimo e todo ornado com arte islâmica, cercado de muita beleza e história
 

9 Obras de Gaudí
Quem visita Barcelona já sabe que não pode deixar de conhecer as fabulosas obras arquitetônicas do artista Antoni Gaudí, um dos arquitetos mais importantes e famosos do mundo. As mais conhecidas são a Igreja Sagrada Família, o Parque Güell e a Casa Batlló, mas há várias outras, como a Casa Milà, Casa Vicens e a Bellesguard Finca Güell

10 Carnaval em Tenerife
Sobre Carnaval, o Brasil entende e está bem servido. Mas você sabia que a segunda maior festa em todo o mundo fica em Santa Cruz de Tenerife, na Espanha? Só perde para o Rio de Janeiro. Aliás, a festa se assemelha muito à da cidade carioca: há o Carnaval oficial, com desfiles deslumbrantes, e a festa de rua

11 Bares e mais bares
A Espanha é o país com o número maior de bares por habitante. São mais de 700 mil estabelecimentos em todo o território espanhol para 46 milhões de pessoas. O serviço representa 15% de toda a economia do país. Haja fôlego para visitar todos eles!



12 Casa Botín: o mais antigo do mundo
É na Espanha também que fica o restaurante mais antigo do mundo. Isso porque a casa foi fundada em 1725 e nunca fechou desde então, servindo pratos deliciosos bem no coração de Madri, a capital espanhola


13 Celler de Can Roca: o melhor
Além de abrigar o restaurante mais antigo do mundo, a Espanha também abriga aquele que já foi considerado o melhor restaurante em todo o mundo: o El Celler de Can Roca. O restaurante fica na cidade de Girona, e o menu muda a cada temporada


14 Cidades medievais
A Espanha respira história e você pode visitar cidades bem antigas, até medievais, como Toledo, que fica na região de Castela-Mancha, bem pertinho de Madri. As ruas são estreitas e cercadas de construções antigas. Um dos desafios propostos aos turistas é não se perder na cidade, já que suas ruas são bem parecidas, fazendo com que os desavisados acabem dando muitas voltas no mesmo lugar


15 Touros em Pamplona
Apesar de toda a polêmica que envolve as corridas com touros e os maus-tratos com os animais, a tourada faz parte da cultura espanhola. Em Pamplona, você encontra festivais e a famosa corrida com touros, que toma conta das ruas da cidade
 

Fonte:http://noticias.bol.uol.com.br/bol-listas/15-curiosidades-sobre-a-espanha-e-porque-voce-precisa-visitar-esse-pais.htm