ALERTA ÀS DONAS DE CASA

Por Alcindo Garcia*

Quem pode imaginar que um simples prendedor de roupa pode revelar a idade da dona de casa. Tenham cuidado quando mandar a empregada buscar o dispositivo. Eu era criança e na roça, a roupa era estendida no arame farpado, que prendia as peças. Quando armava um temporal, era uma correria danada para ajudar minha mãe a recolher a roupa às pressas e algumas se rasgavam nos varais de arame farpado. Isso explicava porque a minha mãe agradecia, mas dispensava a minha “operosa” ajuda.
Na adolescência, morei pra lá da linha. (Não me perguntem onde fica o Pra Lá da Linha nem o Pra Cá Linha, pois a prefeitura ainda não definiu a nova Lei do Zoneamento). Ajudava meu pai que tinha em um empório que vendia também prendedores de roupa. Era de madeira, durava uma geração inteira. Guardados em uma caixinha, ficavam dependurados nos varais para serem usados. Os prendedores de roupa de madeira vinham com uma molinha de metal que servia para prender as peças no varal. Dona de casa cinquentona sabe do que estou falando.
Um dia destes, ouvi a empregada de casa avisando minha mulher que precisava comprar prendedores de roupa. Ela saiu para buscá-los e voltou com prendedores de plástico. Perguntei se não tinha de madeira, e ela arregalou os olhos e disse que nunca vira em toda a sua vida prendedor de roupa de madeira. Pelo jeito como arregalou os olhos deu para perceber a longa distância entre a idade dela e da minha!!! Sua expressão de espanto revelou que o prendedor de roupa de madeira era da época pré-diluviana. Fiquei encabulado com a minha pergunta inoportuna, a revelar como a gente se desatualiza na voragem do tempo. Só agora me dei conta que o dispositivo não é mais feito em madeira, mas de plástico. Para os da minha geração, asseguro que o prendedor de roupa de madeira é do tempo do Sabão Minerva. Ainda existe?
Querida dona de casa. Nunca peça a sua empregada para comprar prendedor de roupa de madeira. Ela vai arregalar os olhos e descobrir que você é do tempo da Cera Parquetina e do guaraná com rolha.


*Alcindo Garcia é Jornalista - e-mail: alcindogarcia@uol.