BOLSONARO NA ONU E A ESQUERDA!

Por Professor Me. Ciro José Toaldo

A cada semana se desvenda algo referente ao grupo dos doentios que não desejam a prosperidade do Brasil, estes se preocupam encher seus bolsos. E, neste caminho estes esquerdopatas, juntamente com os inúmeros desinformados, seguidores da imprensa imunda, buscam desarticular o governo federal.
No dia vinte e quatro de setembro o Presidente Bolsonaro foi à ONU fazer um pronunciamento que orgulhou os brasileiros e apresentou ao mundo um novo Brasil, não mais atrelado à esquerda. Ele também afirmou que há uma operação chamada Lava Jato que colocou políticos corruptos na cadeia e argumentou que em seu governo não se abriga mais refugiados políticos. Abordou um tema polêmico que foi sobre a Amazônia e com determinação disse que esta região pertence ao Brasil e não serão países hipócritas que tomarão decisões sobre ela. Não poupou críticas e denunciou centenas de ONGs que vivem em função da exploração daquela floresta e de sua gente, tendo o absurdo de serem pagas com o dinheiro público. Obviamente o pronunciamento de Bolsonaro desagradou os eleitores de adversário, Haddad.
Sendo assim, o este discurso deixou os esquerdopatas em pavorosa, inclusive a imprensa que por quase vinte anos viveu à custa do dinheiro público, especialmente a rede lixo de televisão. Para ter uma noção, a revista ‘isto é’, colocou como capa: ‘uma vergonha histórica na ONU’. Estes inescrupulosos assumiram a finalidade de colocar Bolsonaro como o inimigo do país e tudo fazem para denegrir sua imagem! Contudo, no reverso desta trama diabólica dos esquerdopatas, encontram-se as redes sociais, as que ajudaram a eleger Bolsonaro, elas demonstram que a maioria do povo gostou de seu discurso e não pouparam críticas à imprensa debochada e sem escrúpulo por não admitir ser aquele o melhor discurso feito por um Presidente do Brasil. Em sua fala foram execrados os vinte anos do esquerdismo brasileiro, fazendo denuncias, inclusive em relação ao programa mais médicos e todas as maracutaias do grande partido que hoje tem o chefe da quadrilha preso em Curitiba. De fato, aja estômago para ler, ouvir e ver estes podres instrumentos de desinformação que envergonham o cidadão desejoso de esperança e que volta acreditar na geração de emprego e na melhoria da nação.
Este discurso nos leva, em última instância, analisar o que representa na atualidade a ONU, uma instituição que envergonha o mundo, pois antes dela existir, havia a Liga das Nações que não conseguiu nada, principalmente em relação a conter os conflitos internacionais e nem fazer com que as nações influentes fizessem algo para o mundo melhor e, com a ONU, pouca evolução foi vista neste sentido, pior ainda, ela se tornou um cabide de emprego de ex-governantes esquerdistas.
Enfim, no Brasil, enquanto muitos desejam que exista avanço e que o Presidente possa trabalhar e fazer a nação deslanchar, há os grupos armando ciladas para derrubá-lo: os políticos corruptos e inescrupulosos, grande parte do STF e a imprensa lacraia. Mas, vivemos numa democracia onde quem sempre irá dar a última palavra será o povo! Portanto, temos que ficar constantemente acordados! Viva a democracia!