Bicarbonato de sódio retira até 96% dos agrotóxicos de frutas e legumes, diz estudo

As maçãs estão no topo da lista de frutas com os maiores níveis de resíduos de pesticidas do Grupo de Trabalho Ambiental

Esqueça a água sanitária. Um estudo mostrou que o bicarbonato de sódio misturado com água é o método mais eficaz de remover agrotóxicos ou pesticidas de frutas e legumes.

O teste foi feito por pesquisadores da Universidade de Massachusetts, nos EUA, em maçãs. Segundo a revista Time, as maçãs estão no topo da lista de frutas com os maiores níveis de resíduos de pesticidas do Grupo de Trabalho Ambiental (EWG, na sigla em inglês).

Três métodos de limpeza foram utilizados: bicarbonato, água corrente e hipoclorito de sódio. As frutas foram expostas a dois pesticidas comuns, o phosmet e ao tiabendazol, e limpas da seguinte maneira: imersas em água misturada com bicarbonato (10 mg/ml) por 15 minutos, lavadas com água da torneira por dois minutos e mergulhadas em solução de hipoclorito de sódio (10 mg/ml) por 8 minutos.

Dentre todas as formas, o bicarbonato teve o melhor resultado. As maçãs tiveram 80% do tiabendazol e 96% do inseticida phosmet reduzidos em sua superfície e também em camadas mais profundas. Lavar o produto com água corrente foi o método menos efetivo na diminuição dos pesticidas.

"Se a lavagem de fábrica [com alvejante] fosse efetiva, então não precisaríamos nos preocupar com a lavagem em casa, certo? Mas, verifica-se que a lavagem no nível da fábrica não é eficaz. Em casa, a maneira mais simples de lavar é com a água da torneira, mas também descobrimos que apenas a água da torneira não é tão eficaz. Para reduzir a exposição adicional aos pesticidas, sugerimos adicionar um pouco de bicarbonato de sódio", declarou o pesquisador Lili He, responsável pelo estudo.


A pesquisa foi publicada no periódico científico Journal of Agricultural and Food Chemistry.

Fonte: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/ciencia/2017/10/30/bicarbonato-de-sodio-retira-ate-96-dos-agrotoxicos-de-frutas-e-legumes.htm