MENSTRUAR NÃO PODE SER FARDO

Se seu sangramento é intenso a ponto de afetar sua rotina, você pode ter Sangramento Uterino Anormal (SUA) oferecido por Menstruar é natural.
É normal, corriqueiro e faz parte de ser mulher. Mas isso não significa que não seja assunto, pelo contrário! É só conversando naturalmente sobre...
Menstruar é natural. É normal, corriqueiro e faz parte de ser mulher. Mas isso não significa que não seja assunto, pelo contrário! É só conversando naturalmente sobre
nossa menstruação que podemos saber se está tudo certo com ela e com a gente. Isso mesmo: o fato de a menstruação ser normal não significa que tudo o que
acontece com ela também seja. Às vezes, a gente acha isso. Sente alguma dor, um desconforto, e pensa que "faz parte". Silencia, tem vergonha. Pensa que
o sofrimento é inerente à questão feminina. Não é....
Cerca de um terço das mulheres convivem, pelo menos em algum momento de suas vidas, com o Sangramento Uterino Anormal (SUA), que também
pode ser conhecido por fluxo menstrual intenso. Muitas delas, por toda sua vida fértil. A maior parte dessas mulheres acredita que esse fluxo excessivo faz
parte delas e que precisam conviver com os problemas que ele causa. Não sabem que o que estão passando não é normal, e que tem tratamento. Por isso, três
organizações que trabalham para que mulheres se empoderem e busquem qualidade de vida para si próprias - as ONGs Plano Feminino, Reprolatina e CDD desejam
conscientizar as mulheres através da Semana SUA (Sangramento Uterino Anormal) Não é Não é Normal. A menstruação é seu corpo funcionando. Se ela
afeta sua rotina, algo pode estar errado. Segundo a Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO), o sangramento é considerado anormal
quando há perda excessiva de sangue, interferindo nas atividades físicas e sociais, além de poder alterar a qualidade de vida da mulher. Na prática, isso
acontece quando você evita atividades ou situações que te fazem vulneráveis a vazamentos, quando a necessidade de troca de absorvente é tão frequente
que impacta seu cotidiano, ou, em casos mais graves, quando a perda de sangue é tão grande que tem consequências físicas, como a anemia....


 

Mesmo sendo pouco falado, o SUA é responsável por grande número das consultas ginecológicas, segundo a Febrasgo. Na maioria das vezes, o sangramento
é de pequena intensidade e não compromete o estado geral físico das pacientes. Mas, em algumas situações, pode ser mais grave. As causas do SUA são variadas,
e é essencial consultar um médico para a correta abordagem da sua situação. Se sua menstruação dura mais de sete dias, se você sente necessidade de usar absorvente
interno e externo ao mesmo tempo, se acorda durante a noite para trocar o absorvente, se muda sua rotina por medo de vazamentos, fraqueza ou cólicas, isso não é normal.
Converse, troque experiências com suas amigas, procure ajuda médica. Se você quer saber mais, pode responder a um questionário no site www.suanaoenormal.com.br e
conversar com o seu médico sobre o resultado. Pode não ser nada. Ou pode ser SUA, que tem tratamento....
O que não pode é sofrer calada....

Fonte:https://www.uol.com.br/universa/especiais/conteudo-de-marca/bayer-menstruacao.htm#tematico-3